Equipe ITCP-FGV

A equipe da ITCP-FGV é composta por estudantes e professores da FGV e técnicos com ensino superior completo.

A equipe de estudantes desenvolve inicialmente atividades de pesquisa e estudo de casos, a partir de visitas supervisionadas a campo, de forma a introduzir as questões e problemas básicos no processo de incubação. Paralelamente participa de formações continuadas em temas ligados à Economia Solidária e à incubação de empreendimentos populares. Com isso, aos poucos, o estudante vai se preparando para assumir a incubação, desempenhando um papel pró-ativo na ITCP-FGV a partir da composição das equipes de incubação, junto com os técnicos e professores.

A equipe de professores desenvolve ativiades diversas ligadas à incubação e demais atividades de extensão universitária, pesquisa e formação.

Por fim, os técnicos são os profissionais que orientam e supervisionam o trabalho dos estudantes, servindo como parceiros no trabalho de campo e buscando os conhecimentos avançados dos professores.

Alunos

Gabriel Cintrão Bergoc – Graduação em Administração de Empresas

Felipe de Moura Lacerda Cochoni – Graduação em Administração de Empresas

Julian Sedlmayr – Graduação em Administração de Empresas

Victor Waller Sadalla – Graduação em Direito

Thomas Albert Boilesen – Graduação em Economia

Bruno Augusto Naves Akasaki – Graduação em Economia

Jorge Wei Dai – Graduação em Economia

Daniel Perrucho – Graduação em Economia

Técnicos

FELIPE BANNITZ- Mestrando em Gestão e Políticas Públicas na FGV, Bacharel em Ciências Econômicas pela FEA-USP com especialização em Economia Solidária e Tecnologias Sociais pela Unicamp, desenvolve ações e pesquisas nas áreas de Economia Solidária, Microfinanças, Comércio Justo e Desenvolvimento Local. Trabalhou 3 anos na Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP (ITCP-USP) e faz parte da coordenação da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getulio Vargas (ITCP-FGV), desde 2005.

ISABELE NOTARI – Graduada em Infomática e Gestão de Negócios pela FATEC, coordena o Banco de Trocas Solidárias do Centro de São Paulo.

JOSÉ LUÍS ARAUJO – Sociólogo formado na FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, cursando especialização em Educação em Valores Humanos pelo Instituto Santhia Sai Baba (Educare), atualmente coordena o Banco de Trocas Solidárias da Rede Prosol em parceria com o CECCO Santo Amaro e coordena a Feira Solidária de Arte Cultura e Meio Ambiente, ambos organizados pela Incubadora de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas. Faz parte da equipe da MERCOSOL articulando espaços para execução de feiras abertas para os empreendimentos populares.

CRISTIANA NÉ FREIRE – Licenciada em Sociologia pela UNESP – Marilia com formação em Ciência Política (UNESP – Marilia) e educação para sustentabilidade (Gaia Educacion). Desenvolveu projetos sociais com população de rua e grupos em situação de vulnerabilidade social. Atualmente coordena um Banco de Trocas Solidárias organizado pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas, em parceria com a organização social AME através da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Programa Ação Família). Faz parte do corpo técnico da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas desde 2007.

CARLOS GOMES – Designer Gráfico formado pela FPA- Faculdade Paulista de Artes possui experiência na área gráfica e digital. É o Diretor de Arte da AGESOL – Agência de Comunicação Solidária da ITCP-FGV. Músico e amante das artes visuais. Atualmente estuda ‘O papel sócio/ambiental do design’.

CINTHIA RODRIGUES GOMES - Profissional na área desde 1997. Formada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda – habilitação em Criação pela Universidade Ibero Americana. Trabalhou com artes gráficas, editoriais, design, publicidade e propaganda e cenografia. É uma amante da arte em todas as áreas. Trabalha como designer na AGESOL – Agência de Comunicação Solidária da ITCP-FGV com negócios inclusivos pelo Brasil.

RAFAEL FURLAN MORAES – Formado em Geografia pela Unesp  Ourinhos, onde trabalhou por 5 anos da Incubadora de Cooperativas Populares da UNESP (Incop UNESP), atuando nas áreas de assessoria técnica e planejamento estratégico junto a associações, cooperativas e gupos de catadores de materiais recicláveis. Participou da formulação de políticas públicas locais para o gerenciamento integrado de resíduos sólidos, com foco na implantação de programas de coleta seletiva solidária. Atualmente atua como técnico de incubação na ITCP-FGV.

MARCELA BACCHIN CARDO – psicóloga formada em bacharelado e licenciatura pela PUC-SP, especialista em Psicologia Hospitalar pelo Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Especialista em Clínica do Trabalho pela Clínica Ana Maria Poppovic, PUC-SP. Experiência profissional de 6 anos em atendimento individual e grupal. Sua atuação se dá junto a grupos produtivos na formação, capacitação e assessoria nos temas de Cooperativismo, Economia Solidária, autogestão e relacionamento interpessoal, visando o desenvolvimento grupal, individual e a qualidade de vida. Tem experiência de 4 anos junto com cooperativas de catadores do Estado de São Paulo. Atuou para: Fundação Alphaville, Fundação Stickel, Giral Viveiros de projetos, IPESA e AVEMARE.

Consultores

HELOISA PRIMAVERA – brasileira,  graduada pela Universidade de São Paulo em História Natural e Mestre em Ciências pela Escola de Sociologia e Política, residente na Argentina onde é professora da Universidade de Buenos Aires e consultora de projetos na área social para organismos internacionais como OEA, BID e Banco Mundial. Professora convidada em universidades da América Latina, Estados Unidos, Canadá e Europa, foi promotora das redes de trocas solidárias e fundadora da RedLASES (Red Latinoamericana de Socioeconomía Solidária) em 1999. Foi membro da equipe internacional de animação do Pólo de Sócio-economia Solidária da Aliança para um mundo responsável, plural e solidário, onde lançou o Grupo de Trabalho sobre Moeda Social. Criou o Programa de Alfabetizaçao Econômica e o Projeto Colibri que difundem o paradigma da abundancia como estratégia de distribuição da riqueza, através da prática de criação de consenso, autogestão e criação de moedas sociais para o desenvolvimento local e sustentável. Colabora com a ITCP desde 2006 e atualmente Coordena o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Moedas Sociais. www.redlases.org.ar www.alliance21.orgwww.pses.org http://money.socioeco.org

LOLITA SALA – mãe, economista, educadora, tradutora, avaliadora de projetos sociais, bacharel em economia pela FEA-USP, com formação em cooperativismo (ITCP-USP), permacultura (PDC pelo IPAB),educação para sustentabilidade (Gaia  Ecovillage Design Education da Umapaz/Global Ecovillage Network; Pedagogia Social (Assoc.de Pedagogia Social de Base Antroposófica), Pedagogia Waldorf, foi membro-fundador da Escola Waldorf Rosa d’Abril de Barcelona, do programa ALFA-USP de alfabetização de adultos, da Associação ALFA-JÁ, tendo atuado em empresas de diversos portes, no Brasil, na Alemanha e na Espanha, e também como gestora e ministrante de formações para educadores populares, inclusive do MOVA, junto ao Instituto Vereda, e na ITCP-GV desde 2006.

IDALVO TOSCANO – Formado em Economia pela PUC/SP, mestre em Planejamento Urbano pela Fundação Getúlio Vargas – Escola de Administração Pública de São Paulo. Atua no Banco Central do Brasil desde 1974, atuou na Prefeitura Municipal de São Paulo entre 1989 e 1992, assim como passou por experiências profissionais em consultorias, pesquisas de cunho socioeconômicas, assessorou movimentos comunitários, experiências pedagógicas, foi instrutor de Treinamento do Banco Central do Brasil e é autor de inúmeras publicações assim como participou de palestras, seminários e outras atividades com fins acadêmicos. Autor de três livros e tem participação em mais um e já foi para missões oficiais no exterior pela América Latina.

CESAR Y. MATSUMOTO – Atuou na ITCP-FGV durante 3 anos com projetos em Finanças Solidárias e Comércio Justo. Atualmente é professor da Escola de Diálogo de São Paulo e consultor em processos co-criativos para inovação a partir da Teoria U e Design Thinking. Membro da equipe gestora do programa ELIAS Brasil – Emerging Leaders Innovate Across Sectors, ligado ao Massachusetts Institute of Technology (MIT) junto ao Presencing Institute. Consultor associado do Instiuto Tellus onde desenvolve projetos de inovação no setor público. Bacharel em Administração Pública pela FGV-EAESP.

PRISCILLA FERRI – Formada em Comunicação Social pela FAAP, com habilitação em Publicidade e Propaganda e em Letras pela USP. Cursou cinema documentário na Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de Los Baños – Cuba. Tem formação em desenvolvimento de lideranças através do Programa Germinar do Instituto Ecosocial (SP), além de estar realizando um Master Program em Lideranças Horizontais, pelo Núcleo Maturi de Consultores. Atua como consultora em desenvolvimento de projetos socioculturais através de processos participativos junto a grupos e coletivos culturais, produtoras audiovisuais, organizações sociais e privadas. É facilitadora de grupos em: tomada de decisão, mediação de conflitos, liderança horizontal e coaching. Também compartilha seus conhecimentos em workshops e palestras em programs de formação, cursos de extenção universitária, oficinas, etc. Tem grande experiência em Marketing, Estratégias de Comunicação e Mobilização de Recursos, passando por grandes empresas privadas e entidades. Faz parte do conselho consultivo da Associação para o Eco-Desenvolvimento Broto Brasilis (Aiuruoca – MG) e também do Conselho Gestor do Programa Germinar do Instituto Ecosocial (São Paulo – SP).